Notícias

Voltar

São Paulo abriga novo centro de cultura, o Espaço de Arte Imersiva

No dia 26 de Janeiro, São Paulo receberá um novo centro de empreendedorismo, cultura e entretenimento na cidade, o Espaço de Arte Imersiva, no novo Farol Santander (Edifício Altino Arantes). A exposição inaugural do espaço será a "Belo, Transitório, Intangível e Finito", e abrigará as obras "Diurna", da paulistana Laura Vinci e "O dia em que Saímos do Campo" (The Day We Left Field), do coletivo russo Tundra - ambas em cartaz até dia 04 de maio.

                                                                                                                                          (Edíficio Altino Arantes)

A dupla Facundo Guerra, reconhecido como um dos principais agitadores culturais da capital paulista, e Tatiana Wlasek, diretora geral da agência Storymakers, se juntaram para criar o espaço de arte imersiva que ocupará o 22º e o 23º andar do Farol Santander, antigo Edifício Altino Arantes. O Espaço de Arte Imersiva traz como proposta a integração das vanguardas de produção multimídia, multissensorial e artística, conectadas à vida urbana. "Queremos que o Espaço de Arte Imersiva converse com o momento atual, de empreendedorismo e soluções criativas. Os coletivos de arte autônomos são perfeitos representantes desses movimentos", completa Tatiana Wlasek. Trata-se de uma nova forma de relação com a arte, alinhada com a velocidade da vida moderna, onde há uma interação mais imediata e a experiência in loco se destaca: site specific e conceito, aliadas à experiências sensoriais de situação espacial única. "O Brasil já tem uma rica tradição nesse tipo de arte e de experiência local – basta lembrar da "Cosmococa", do Hélio Oiticica, por exemplo – e esse foi o caminho que eu e Tatiana quisemos seguir", explica Facundo, diretor criativo da exposição.

Contemplando projetos nacionais e internacionais, o Espaço de Arte Imersiva enaltece a pluralidade na criação artística. Laura Vinci apresenta em Diurna, projeto inédito especialmente concebido para o Farol Santander, uma experiência íntima de paisagem e natureza: através de projeções em videomapping que ocupam as paredes laterais da sala, o público pode ver sombras de árvores evidenciadas ou apagadas pela ausência ou incidência da luz, no ritmo da respiração. 

                  (Obra Laura Vinci - Foto de Jennifer Glass)               

Já o coletivo russo TUNDRA, pela primeira vez no Brasil, apresenta em sua obra inédita O Dia que Saímos do Campo (The Day We Left Field), uma paisagem vertiginosa. A instalação audiovisual proposta pelo coletivo mergulha o expectador em uma jornada envolvente, digna de filmes de ficção científica. Do teto pende um jardim invertido constantemente escaneado por disparos de laser que criam diferentes padrões sobre a cabeça dos visitantes, acompanhados por um cenário sonoro atordoante. Ao mesmo tempo plástica e angustiante, a obra propõe essa fusão natureza-máquina distópica. 

     (The Day We Left Field, TUNDRA - Foto Jennifer Glass)                 

A inauguração do Espaço de Arte Imersiva marca a abertura oficial do Farol Santander, agora repensado como um ambiente de ocupação multifuncional, voltado para tratar de questões de empreendedorismo, lazer e cultura. 

Serviço:
Farol Santander - R. João Brícola, 24 - Centro, São Paulo - SP
Datas e Horários: Terça-feira a domingo, das 09h às 20h
Ingressos: Vendas e agendamento de visita pelo site Ingresso Rápido 
https://farolsantander.com.br/