Notícias

Voltar

Rodrigo Bivar lança projeto de livro pelo Catarse

Com a proposta de crowdfunding e financiamento coletivo, através da maior plataforma desse segmento no Brasil, o Catarse, o artista plástico Rodrigo Bivar lança o projeto de seu livro, que reunirá quatro individuais realizadas a partir de 2014, ano da sua primeira exposição com trabalhos abstratos, em um registro impresso de suas obras e exposições, incluindo a próxima individual que abrirá em maio, na Galeria Millan. O projeto gráfico será desenvolvido pela designer Elaine Ramos (Formada na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP,  diretora de arte da Ubu Editora e membro da Alliance Grafique Internationale), e contará ainda com textos do crítico Rodrigo Naves (Historiador da arte e professor, com doutoramento em estética pelo Departamento de Filosofia da Universidade de São Paulo).

O livro será entregue a todos os apoiadores com dedicatória em mãos, nos respectivos encontros (de acordo com a recompensa escolhida), entre o fim de maio e o início de junho de 2018. Posteriormente, a publicação será distribuída nas galerias Millan (SP) e Athena (RJ). A intenção é viabilizar ao público gratuitamente (o livro não será monetizado), um registro que carrega valor e qualidade dos trabalhos de Rodrigo Bivar.


(Foto: Divulgação)

Sobre o Livro

A publicação será bilíngue (português/inglês), capa será color plus escuro em verniz a base d’agua fosco, 80 páginas em papel Munken Lynx, formato fechado 19 x 27 cm, com acabamento em brochura, costurado e hot melt. O apoio feito pelo público ao projeto custeará o valor total para a impressão do livro e do produtor gráfico (a meta será levantar R$ 31.500).

Sobre o Artista

Nascido em Brasília, Rodrigo Bivar teve sua produção pictórica inicialmente marcada por figurações realistas associada a um certo distanciamento e, desde 2013, vem atravessando transformações graduais significativas. Neste processo, a pintura foi reestruturada, sendo apresentada como jogo combinatório entre aplicação, sobreposição e encobrimento de cor. A tela passou então a privilegiar a divisão geométrica sem perder de vista a paleta da produção anterior. Atualmente, sua produção atingiu a abstração total associando instabilidade e intuição pontuadas por estruturas espaciais que atuam como base para variações e uma surpreendente associação de cores.

Graduado em Artes Plásticas pela Fundação Armando Alvares Penteado (São Paulo, SP), foi ganhador do Prêmio Aquisição do Centro Cultural São Paulo, em 2008. Apresentou individuais em diversos espaços incluindo o Instituto Figueiredo Ferraz, Ribeirão Preto, SP (2017); Galeria Athena Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ (2016), Galeria Millan, São Paulo, SP (2009, 2012 e 2015), Paço das Artes, São Paulo, SP (2010) e Centro Cultural São Paulo, SP (2008). Participa, desde 2005, de mostras coletivas, sendo as mais recentes: Os desígnios da arte contemporânea no Brasil, MAC e MAC USP no século XXI: A era dos artistas, MAC-USP, São Paulo, SP (2017); Os Muitos e o Um, Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, SP (2016); Correntes, SESC Belenzinho, São Paulo, SP (2015); Festival Internacional de Arte Contemporânea SESC_VideoBrasil, São Paulo, SP (2011 e 2013); 7 SP – Seven Artists.

(Foto: Divulgação)

 Mais informações
Sobre como apoiar, acesse as redes sociais do Catarse:
Instagram: https://www.instagram.com/catarse/
Facebook: https://www.facebook.com/Catarse.me/
Link do site: https://www.catarse.me/rodrigobivar