Notícias

Voltar

O que é uma coleção?

Por Maryella Sobrinho.   

Uma coleção é o resultado do ato de colecionar, da reunião, do ajuntamento ou da compilação de objetos de natureza semelhante. Existem vários tipos de coleções e colecionadores: de selos, moedas, carros, obras de arte e até mesmo as de objetos variados. Se buscarmos informações sobre a história da formação das primeiras coleções, veremos que desde  a Antiguidade o homem reúne objetos com motivações diversas: prazer, vaidade, apego material, geração de conhecimento, afirmação de valores.

Exposição Pop, Nova Figuração e Após na Ricardo Camargo Galeria

Durante o Renascimento, com a existência de um público comprador, o colecionismo começa a se alterar. Até o século XVII, o homem  reuniu  antiguidades,  manuscritos  e  outros  tipos  de  objetos,  guardados  em  gabinetes, com o objetivo de criar um microcosmo do mundo,   como uma prática da cultura da “curiosidade”. Com o passar do tempo, as coleções se especializaram. Dentre elas, temos as coleções de arte.

Coleção José Olimpio no Instituto Tomie Ohtake

Essas coleções, além de possuírem um valor de mercado, possuem valor histórico e artístico (e todos eles influenciam uns aos outros). Além de se relacionar com  a  história  da  arte, podem  refletir  também os  gostos  de  um colecionador, que  o  refletem  com o sujeito  e  como  uma  coleção  de  ideias  que  sustentam  a  própria  coleção.

Dan Flavin na coleção Helga de Alvear na Pinacoteca

Então, da mesma maneira que existem tipos de coleção, existem tipos de sujeitos compiladores: o colecionador, e o colecionista. O primeiro escolhe as obras a compor um acervo de acordo com uma necessidade específica, com critérios definidos. Já o segundo,  reúne  peças  aleatoriamente,  impulsionado  pelo  desejo  de acúmulo, sem critérios específicos.  Se a compilação de ‘coisas’ firma-se em valores diversos (emocionais, estéticos, financeiros, religiosos, exóticos) caracterizando uma identidade, qual tipo de colecionador você seria?

Exposição "I Love You" de Leda Catunda no Tomie Ohtake.

Referências
LOURENÇO, Cecília França.Museus acolhem moderno.São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1999.
VENÂNCIO  FILHO,  Paulo. Arte  moderna brasileira:  uma  seleção  da  coleção Roberto Marinho. São Paulo: Museu de Arte Assis Chateaubriand, 1994

Ateliê do artista Tiago Tebet

Texto: Maryella Sobrinho - Doutoranda em Teoria e História da Arte - Ceart/Udesc
Imagens: Crédito Eduardo Lara/InfoArtSP.