Notícias

Voltar

Mostras de artes plásticas estreiam durante a semana em SP

Artes Visuais: confira a seleção do InfoArt com as melhores exposições de artes visuais que acontecem em São Paulo esta semana

A semana do feriado do dia 12 de outubro traz diversas exposições para a cidade de São Paulo. Além das aberturas, atividades especiais para os dias de feriado também ocorrem em museus e instituições da cidade. Fique de olho na seção de notícias do InfoArtSP e não perca a programação cultural da cidade.

Confira a seguir a seleção de aberturas que ocorrem esta semana e não perca as exposições que entram em seus últimos dias de exibição:

ABERTURAS

IAC - 20 anos
Artistas: Vários
De 9/10 a 25/11
IAC - Instituto de Arte Contemporânea

O instituto comemora duas décadas de atividades ininterruptas com a mostra que exibe um breve panorama do acervo dos artistas representados em sua coleção por meio de obras e documentos. Entre os artistas com obras expostas estão Amilcar de Castro, Sergio Camargo, Willys de Castro, Sérvulo Esmeraldo, Lothar Charoux, Luis Sacilotto, Hermelindo Fiaminghi e Iole de Freitas. Além das obras, os visitantes também conhecerão alguns princípios de preservação de acervo por meio do contato direto com os colaboradores do Instituto. Saiba mais.

Sergio Camargo no processo de montagem de escultura Homenagem a Brancusi em Bordeaux, França, 1972, Acervo Instituto de Arte Contemporânea – Fundo Sérgio Camargo

Ready Made in Brasil
Artistas: Vários
Curadoria: Daniel Rangel
De 10/10 a 28/1/18
Centro Cultural Fiesp

A exposição celebra o centenário do readymade de Marcel Duchamp e apresenta um panorama histórico de sua influência na produção artística contemporânea brasileira, desde os anos 1960 até a atualidade. O readymade se apropria de elementos do cotidiano e os desloca para o universo artístico como obras de arte. Entre os 50 artistas reunidos na exposição, estão nomes como Nelson Leirner, Tunga, Hélio Oiticica, Augusto de Campos e Waldemar Cordeiro, Regina Silveira, Lygia Clark, Lygia Pape, Wesley Duke Lee, Cildo Meireles e Waltercio CaldasSaiba mais.

Nelson Leirner- Xeque-Mate (Touro Mondrian e Duchamp) 2012. Fotografia: Beatriz Cunha

Flusser e as dores do espaço
Artista: Vilém Flusser
Curadoria: Norval Baitello Junior e Camila Garcia
De 10/10 a 28/1/18
Sesc Ipiranga

A exposição aborda vida e obra do filósofo tcheco, naturalizado brasileiro, Vilém Flusser (1920-1991), reconhecido por suas reflexões originais sobre mídia, tecnologia e comunicação. A mostra propõe criar materialidade e visualidade para o pensamento do filósofo a partir de intervenções, instalações artísticas, ambientes, além de atividades educativas. Na “Seção dos artistas”, os curadores partiram de textos críticos de Flusser para reunir fotografias, gravuras, desenhos, pinturas, colagens e tapeçaria de artistas de seu relacionamento como Antônio Henrique Amaral, Edmar de Almeida, Ely Bueno, Fred Forest, Gabriel Borba, Haroldo de Campos, Mira Schendel, Niobe Xandó, Samson Flexor e Sérgio Lima. Saiba mais.

Retratos de Vilém Flusser. Crédito: Ed Sommer, 1988-89.

Arte sacra XVII - XXI
Artistas: Vários
Curadoria: Charles Cosac
De 10/10 a 10/12
Biblioteca Mário de Andrade

A mostra conta com 39 obras, das quais 23 são esculturas sacras produzidas entre os séculos XVII e XIX, além de dois retábulos. Estão expostas outras 16 obras contemporâneas do final do século XX e início do XXI, assinadas por artistas como Daniel Senise, Fulvio Pennacchi, Farnese de Andrade, Vik Muniz, Guy Veloso, Siron Franco, Arthur Omar, Miguel Rio Branco, Karin Lambrecht, José Rufino e Mário Cravo Neto. Em contraste e em complemento às esculturas, a mostra reúne artistas que trabalham tanto exclusivamente com o tema sacro como os que se utilizam do rico imaginário cristão para produzir obras contemporâneas, além daqueles que vivem o espiritual à sua própria maneira. Saiba mais.

Arcanjo Tocheiro

Respirar sem oxigênio
Artistas: Vários
De 10/10 a 4/11
Galeria Millan

Organizada pela artista Regina Parra, a mostra reúne trabalhos de 24 artistas incluindo nomes da nova geração — Bruno Levorin, Claudio Bueno, Gui Mohallem, Haroldo Saboia, Heloisa Franco, Julia Gallo & Max Huszar, Julia Ayerbe, Laura Davina, Malka Borenstein, Patrícia Araujo, Thany Sanches — em diálogo com obras importantes de Ana Mazzei, Afonso Tostes, Artur Barrio, Caetano Dias, Fancy, Lenora de Barros, Leticia Parente, Jannis Kounellis, Regina José Galindo, Nelson Felix, Tatiana Blass e Tunga. A seleção de obras atravessa os anos 1970 até 2017 e inclui vídeos, esculturas, objetos, pinturas e desenhos que percorrem as distintas deformações sofridas pelo corpo contemporâneo. Além da mostra coletiva, a galeria apresenta a individual de Ana Prata, "Miss Natural e outras pinturas", que ficará em cartaz simultaneamente no Anexo Millan. Saiba mais.

Lenora de Barros - Mim quer sair de si.

Francisco Brennand – Mestre dos Sonhos
Artista: Francisco Brennand
Curadoria: Rose Lima
De 14/10 a 17/12
Caixa Cultural

Organizada em torno da produção do artista pernambucano, reconhecido por sua arte sincrética, são exibidas cerâmicas, pinturas, desenhos e fotografias que trazem a São Paulo um pouco do universo místico e fantástico da Oficina Cerâmica Francisco Brennand e do monumental Parque das Esculturas, criados pelo artista, em Recife (PE). A individual conta com 31 obras do acervo original do artista, criadas em diversas fases da sua carreira. Seus trabalhos evidenciam temas como reprodução, mitologia, sexualidade, fauna e flora, personagens históricos e divindades, permeados por signos da tradição popular do Nordeste, bastante valorizados em suas criações. Saiba mais.

Francisco Brennand (Recife, PE, Brasil 1927). Chapeuzinho Vermelho e o lobo. 1995. Acrílica sobre Duratex. 81 x 63 cm. Foto: Celso Pereira Jr.

ÚLTIMOS DIAS

Iluminados - Experiências Pioneiras em Cinema Expandido
Artistas: Vários
Curadoria: Roberto Moreira S. Cruz
Até 15/10
Sesc Belenzinho

Cinema expandido é o termo utilizado para tratar as muitas maneiras de trabalhar essa linguagem, ampliando-a e multiplicando-a para além da tela. A exposição é composta por nove trabalhos que formam um mosaico de informação visual de artistas que pesquisavam essas interfaces, propondo formas originais, incomuns, não arbitrárias de criação, experimentando com a técnica e a forma da imagem e do som. Todas as obras foram produzidas em película. Entre os artistas com obras expostas estão Andy Warhol, Tunga, Antonio Dias, entre outros. Saiba mais.

Tunga - ÃO - still. Foto: Murilo Sales , Rio de Janeiro.

 

Plethora
Artista: Julio Bittencourt
Curadoria: Paulo Kassab Jr.
Até 16/10
Galeria Lume

A mostra apresenta ao público paulistano dez obras do artista, entre fotografias, composições em metacrilatos e uma projeção de vídeo. Avanços no padrão de vida e bem-estar têm assegurado, década após década, a expansão das famílias. Apesar de algumas sociedades registrarem queda nas taxas de natalidade, praticamente todas testemunham o aumento da longevidade, fruto de revoluções farmacêuticas e tecnológicas. São as implicações ocasionadas pela superpopulação que norteiam a mostra "Plethora", que traz um recorte do projeto do artista onde ele retrata comunidades em centros urbanos em que o fenômeno da superpopulação é particularmente relevante. São Paulo, Nova York, Tóquio, Mumbai, Pequim e Jacarta são as cidades utilizadas como pano de fundo nas fotografias de Bittencourt. Alguns dos registros que compõem a mostra são inéditos, realizados pelo fotógrafo em julho deste ano. Saiba mais.

Plethora, Tokyo Subway, 2016.

Confira outras exposições em cartaz em São Paulo na agenda do InfoArtSP. E não deixe de conferir também as exposições que inauguraram no último final de semana paulistano!