Notícias

Voltar

Exposições de artes plásticas entram em cartaz em São Paulo

Artes Visuais: Confira a seleção do InfoArt com as melhores exposições de artes visuais que acontecem em São Paulo esta semana

Com o início da semana, novas exposições entram em cartaz no circuito de artes plásticas paulistano. Galerias e instituições também encerram mostras e instalações imperdíveis nos próximos dias.

Com o feriado do Dia da Consciência Negra, celebrado na segunda-feira (20), as atividades culturais se concentraram no início da semana, mas ainda dá tempo de conferir diversas exposições na cidade que refletem sobre questões importantes para o emponderamento negro na sociedade brasileira. Entre as exposições estão: “Barroco Ardente e Sincrético - Luso-Afro-Brasileiro”, coletiva no Museu Afro Brasil; "DEScobrimento", mural de Raul Zito e Maré de Matos que integra o "Projeto Latitudes" do Sesc Vila Mariana; "(Re)Conhecendo a Amazônia Negra", da fotógrafa Marcela Bonfim, e a coletiva "Negros Indícios", ambas em cartaz na Caixa Cultural São Paulo; e a mostra "Agora somos todxs negrxs?", em cartaz no Galpão VB.

Confira as mostras que entram em cartaz e algumas outras que terminam suas exibições nos próximos dias: 

ABERTURAS

FUTUROS DO FUTURO
ARTISTAS: SOU FUJIMOTO
DE 21/11 A 4/2
JAPAN HOUSE SÃO PAULO

A relação entre o ser humano, a arquitetura e a natureza é o traço marcante no trabalho de Sou Fujimoto, um dos arquitetos mais admirados do mundo. A exposição, composta por painéis e pequenas maquetes que retratam parte do trabalho do arquiteto, apresenta a ambiguidade presente no trabalho do arquiteto japonês de 46 anos. Natural de uma cidade cercada por natureza, Sou Fujimoto encontrou no contraste das estreitas ruas de Tokyo e suas pequenas e características casas, a essência de seu estudo sobre projetos arquitetônicos, como a relação entre os espaços internos que se confundem com os externos, quintais que se confundem com ruas e ruas que são ocupadas como quintais. Para ele, o futuro exige uma reconexão com a natureza, um resgate de algo que se perdeu ao longo do tempo, e acredita que o homem pode se adaptar ao espaço ao invés do contrário. Saiba mais.

Sou Fujimoto (Divulgação)

NA ARTE INTERESSA O QUE NÃO
ARTISTAS: DÉCIO PIGNATARI
CURADORIA: JOÃO BANDEIRA
DE 22/11 A 20/12
GALERIA MILLAN

A galeria realiza duas aberturas e exibições simultâneas neste final de ano: a mostra de Décio Pignatari - que apresenta uma maioria de trabalhos menos conhecidos, incluindo alguns há muito fora de circulação, produzidos entre os anos 1950 até os 2000, sem deixar de fora exemplos dos clássicos da produção do artista, num conjunto de cerca de trinta obras -; e a individual "Pisa na Paúra", de Lenora de Barros - mostra com a produção mais recente da artista, que examina temas como violência e medo por meio de diferentes suportes, incluindo vídeo, instalação, lambe-lambe e cerâmica. Saiba mais.

Décio Pignatari, Cr$isto (Divulgação)

NUPTIAS
ARTISTAS: ROSÂNGELA RENNÓ
DE 23/11 A 13/1
GALERIA VERMELHO

Rosângela Rennó comemora em sua sétima exposição individual na galeria o 25º aniversário do projeto Arquivo Universal e o 20º aniversário da série Cerimônia do Adeus com comentários sobre alianças, valoração e gênero, a partir de quatro novas séries de trabalhos e da exibição do conjunto completo da primeira impressão digital do Cerimônia do Adeus, 1997-2003. A artista também exibe Círculo Mágico, filme de 2016, realizado a partir de instalação homônima apresentada na Fundação Eva Klabin, Rio de Janeiro, em 2014, dentro do projeto RespiraçãoSaiba mais.

Rosangela Rennó, Círculo Mágico (Divulgação)

INDIVIDUAL DE FERNANDA GOMES
ARTISTAS: FERNANDA GOMES
DE 23/11 A 20/1
GALERIA LUISA STRINA

Em sua oitava mostra na galeria, a artista apresenta trabalhos recentes e inéditos, prosseguindo sua pesquisa singular que engloba pintura e escultura, luz e espaço. Em trecho do texto realizado pela artista, ela escreve "uma exposição sempre foi para mim um modo único de avançar com a investigação, absolutamente necessário para todos os processos, principalmente o mental. o ato excita o pensamento". Saiba mais.

Fernanda Gomes (Divulgação)

ÚLTIMOS DIAS

SOMENTE O NECESSÁRIO
ARTISTAS: MARCELO ZOCCHIO
ATÉ 26/11
MAC - MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA

Na instalação, o artista propõe uma reflexão sobre o uso racional dos recursos naturais e o reuso de materiais descartados. Cada uma das cinco obras da instalação é composta por três elementos, que criam uma narrativa: a imagem fotográfica da matéria-prima inicial; o objeto; e as sobras, arranjadas em híbridos de fotografia e tridimensional. O resultado é, ao mesmo tempo, um exercício estético e uma reflexão sobre uso e descarte, novo e velho, forma e função, real e virtual. Saiba mais.

Vistas da instalação (Foto: Cecília Bastos/USP Imagens/Reprodução)

MESMO COM DIAS MAIORES QUE O NORMAL
ARTISTAS: RODRIGO SASSI
ATÉ 26/11
CENTRO CULTURAL SÃO PAULO

A relação entre arte e cidade se condensa e se confunde na produção de Sassi, marcada pelo desenvolvimento e pela prática de poéticas visuais que permeiam o cenário urbano, a arquitetura e a construção civil. Nesta instalação criada pelo artista especialmente para o espaço, o objetivo da obra é criar releituras de concreto armado com um sistema de auto-iluminação. O movimento das curvas e a iluminação formam um jogo de luzes e sombras que desenham o espaço e dão forma e volume ao conjunto escultórico. Saiba mais.

Rodrigo Sassi - Vistas da instalação.

IAC - 20 ANOS
ARTISTAS: VÁRIOS
ATÉ 25/11
IAC - INSTITUTO DE ARTE CONTEMPORÂNEA

O instituto comemora duas décadas de atividades ininterruptas com a mostra que exibe um breve panorama do acervo dos artistas representados em sua coleção por meio de obras e documentos. Entre os artistas com obras expostas estão Amilcar de Castro, Sergio Camargo, Willys de Castro, Sérvulo Esmeraldo, Lothar Charoux, Luis Sacilotto, Hermelindo Fiaminghi e Iole de Freitas. Além das obras, os visitantes também conhecerão alguns princípios de preservação de acervo por meio do contato direto com os colaboradores do Instituto. Saiba mais.

Sergio Camargo no processo de montagem de escultura Homenagem a Brancusi em Bordeaux, França, 1972, Acervo Instituto de Arte Contemporânea.

Essas e muitas outras exposições você pode conferir na agenda do InfoArtSP sempre que quiser! Perdeu as aberturas da última semana? Clique aqui.