Guia Cultural

Os principais locais de exposições das artes visuais na cidade de São Paulo / SP

Voltar

Memorial da Resistência

Endereço: Largo General Osório, 66 - Santa Ifigênia Ver mapa

Dias e horários de funcionamento: De quarta a segunda das 10h00 às 17h30; Fechado as terças

Site Oficial: http://www.memorialdaresistenciasp.org.br/memorial/ Ver site

Telefone: 11 3335-4990

O Memorial da Resistência de São Paulo, uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo por meio de sua Secretaria da Cultura, é uma instituição dedicada à preservação de referências das memórias da resistência e da repressão políticas do Brasil republicano (1889 à atualidade) por meio da musealização de parte do edifício que foi sede, durante o período de 1940 a 1983, do Departamento Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo – Deops/SP, uma das polícias políticas mais truculentas do país, principalmente durante o regime militar.
O Memorial da Resistência é vinculado à Pinacoteca do Estado de São Paulo,um museu público e sem fins lucrativos. Desde 2005, e a partir da assinatura de contrato de gestão com a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, a Pinacoteca é administrada pela Associação Pinacoteca Arte e Cultura, qualificada como Organização Social da Cultura.
Desde 2009 o Memorial da Resistência de São Paulo é Membro Institucional da Coalizão Internacional de Sítios de Consciência, uma rede mundial que agrega instituições constituídas em lugares históricos dedicados à preservação das memórias de eventos passados de luta pela justiça e à reflexão do seu legado na atualidade.
O programa museológico do Memorial da Resistência está estruturado em procedimentos de pesquisa, salvaguarda (documentação e conservação) e comunicação patrimoniais (exposição e ação educativo-cultural), orientados para os enfoques temáticos sobre resistência, controle e repressão política, por meio de seis linhas de ação que, atuando articuladamente, têm como objetivo fazer dessa instituição um espaço voltado à reflexão e que promova ações que
contribuam para o exercício da cidadania, o aprimoramento da democracia e a valorização de uma cultura em direitos humanos.


Fachada Memorial da Resistência