Guia Cultural

Os principais locais de exposições das artes visuais na cidade de São Paulo / SP

Voltar

Centro Universitário Maria Antonia

Endereço: Rua Maria Antonia, 294 - Vila Buarque. Ver mapa

Dias e horários de funcionamento: De terça a domingo, das 10h às 18h.

Site Oficial: http://prceu.usp.br/centro/maria-antonia/ Ver site

Telefone: (11) 3123-5202

O Centro Universitário Maria Antonia (CEUMA) está instalado nos edifícios históricos que abrigaram a antiga Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP – FFCL. Em mais de duas décadas de atuação multidisciplinar, conquistou um lugar próprio entre as instituições culturais da cidade, orientando-se por um conceito abrangente de formação. Situado estrategicamente, na região central de São Paulo, em área de grande concentração de instituições de cultura e ensino, atende um público diversificado.

Desde 1999, o Maria Antonia, como é conhecido, mantém um programa de exposições de arte com cerca de 20 mostras por ano, com a diretriz geral de reunir artistas contemporâneos de gerações diversas, dando espaço às mais diferentes técnicas e áreas de produção, além de mostras de arquitetura e de retrospectivas que visam a discussão sobre o passado recente da arte brasileira.

Oferece mensalmente cursos de curta duração, ligados à área das ciências humanas e às artes em geral, e promove palestras, debates e seminários com especialistas de várias partes do Brasil e do exterior, além de outros eventos que resultam da pesquisa de unidades diversas da USP e de instituições parceiras.

Abriga, ainda, a Biblioteca Gilda de Mello e Souza, com acervo dedicado principalmente às artes contemporâneas e áreas conexas, cujo núcleo gerador é a coleção de livros sobre artes, estética e história da arte que pertenceu à professora Gilda, primeira docente de Estética da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP.

Em outubro de 2017 foi inaugurado seu novo edifício, Joaquim Nabuco, que pertenceu igualmente à FFCL-USP. O projeto premiado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil e pela Fundação Bienal de São Paulo inclui mais espaços expositivos, novo auditório, café, e também uma praça interna com vegetação, que cria um novo espaço público, espécie de respiro no entorno densamente construído, colaborando para a revitalização da região central da cidade.

Fachada do Centro Universitário Maria Antonia da Universidade de São Paulo. Foto: WikiCommons / Caroline Ligorio.