VISUAL ARTS AGENDA

Voltar

Next

Artists: Klaus Mitteldorf

Curator: -

FROM 26/7 TO 29/7

Galeria Millan Ver mapa

Address: Rua Fradique Coutinho, 1360 - Vila Madalena

Telephone: 11 3031-6007

Reconhecido pelas imagens de surf e moda, o fotógrafo captura agora o caos da realidade contemporânea em exposição e livro homônimo a ser lançado no dia da abertura

O Anexo Millan recebe, entre 26 e 29 de julho, a mostra Next, nova série de trabalhos do fotógrafo paulistano Klaus Mitteldorf. A exposição reúne 21 fotografias de cenas de pedestres em Tóquio apresentadas numa espécie de jogo imagético onde superposição, inversões de negativo, transparência e deslocamentos entre outros artifícios, simulam uma suposta continuidade do tempo interrompido pelo congelamento fotográfico. Manipuladas digitalmente, as colagens fotográficas sugerem distintas camadas que se recombinam a todo instante em nossa retina como resultado de nossa experiência com uma virtualidade composta por uma miríade de telas e aplicativos de produção de imagens. 


Blue Power Duo- Klaus Mittledorf 60X60 cm.

Embora Next carregue certas características que tem marcado a trajetória de mais de quatro décadas do fotógrafo, como as cores contrastadas e a sugestão de movimento, as novas obras abandonam definitivamente a linguagem visual adotada para as séries anteriores como O Último Grito (1998) e Almaquatica (2006). Esse novo corpo de trabalho retoma alguns pensamentos de grandes artistas do século XX, como László Moholy-Nagy e seu manifesto seminal de 1925 Painting, Photography, Film, na qual ele defendia a fotografia mais como “um meio de criação” do que “um processo mecânico de registro”. 


Lonely People Duo- Klaus Mittledorf 150,3X100 cm.

Além de Nagy, também as experiências de Eadweard Muybridge, Etienne-Jules Marey, do fotodinamismo (futurismo italiano de Giacomo Bala e dos irmãos Bragaglia), as fotomontagens dadaístas dos anos 1920 e até mesmo Marcel Duchamp, a exemplo da icônica sequência pictórica Nu descendo uma escada, de 1912. Mitteldorf parte desse vocabulário visual de movimento para gerar novas configurações advindas do processo gerado pela recepção dos fenômenos ópticos aliados à sua própria experiência intelectual e intuitiva. 


Strange Future, Klaus Mitteldorf.

Trata-se de uma exposição significativa e que pode ser considerada ponto de inflexão na trajetória de Klaus Mitteldorf. Desde seus primeiros registros da cultura vibrante do surf das praias de São Paulo e Rio de Janeiro, nos anos 1970, até os primeiros editoriais de moda em importantes veículos do segmento como Vogue e Elle Brasil, nos anos 1980, o fotógrafo chega em 2017 com oito livros publicados e dezenas de prêmios e exposições individuais em seu currículo. Sua obra ganha agora novas dimensões ao revelar uma nova faceta de seu trabalho que propõe aos olhos do visitante um novo enquadramento da realidade ao nosso redor. 


The Army- Klaus Mittledorf 60X50 cm.

Na ocasião, também será lançado o livro Next. Editado pela Damiani Editore de Bologna (2016, 99 págs.) a publicação reúne 49 fotografias e textos dos curadores Joseph Akel (norte-americano) e Rubens Fernandes Junior (brasileiro). 99 páginas, impresso em 5 cores e capa dura. Será distribuído no Brasil pela Livraria Freebook e no dia da abertura terá preço especial de R$ 80,00. Mais informações: freebook.com.br

Biografia
Klaus Mitteldorf é fotógrafo autoral, de moda e diretor de cinema nascido em São Paulo, em 1953. Começou seus primeiros experimentos em fotografia já aos 12 anos. Em 1975, suas fotos ganham capas e matérias da Surf Magazine. No mesmo ano ele produz Terral, seu primeiro documentário em Super 8 e o primeiro do tipo no Brasil. No início dos anos 1980, realiza campanhas para grandes agências no Brasil (DPZ, DM9, Africa, Young & Rubicam, etc) e na Alemanha, onde ele viveu de 1988 a 1996. Seus trabalhos foram publicados em importantes veículos como Vogue, Elle, Playboy, Photo France, Zoom France, Graphis entre diversas outras. Em 2001, ganha o Prêmio Fundação Conrado Wessel e em 2008 o Overseas Prize do International Photography Festival, em Higashikawa, Japão por seu livro O Último Grito, anteriormente exibido na Pinacoteca do Estado de São Paulo, em 1998. Publicou livros no Brasil, Alemanha, Estados Unidos e Suíça e realizou inúmeras exposições em espaços reconhecidos incluindo o Museu de Arte Brasileira da Faap (São Paulo), Museu da Imagem e do Som (São Paulo), Pinacoteca do Estado de São Paulo, MuBE (Snao Paulo), Paço Imperial (Rio de Janeiro), Museu Ludwig (Colônia, Alemanha) e Laguna Art Museum (California, EUA). Seus trabalhos integram as coleções do Itaú Cultural, Coleção Pirelli, Fotomuseum (Frankfurt, Alemanha), Higashikawa Museum (Higashikawa, Japão), Museu de Arte Contemporânea de São Paulo, entre outras.

Serviço:
Klaus Mitteldorf – Next
Anexo Millan
Abertura e lançamento do livro: 26 de julho de 2017
Visitação: de 27 a 29 de julho de 2017
O Anexo Millan também apresenta em paralelo obras do acervo.