AGENDA DAS ARTES

Voltar

Voyage

Artistas: Vários

Curadoria: Alexandre da Cunha

De 15/11 a 20/1

Galeria Bergamin & Gomide Ver mapa

Endereço: Rua Oscar Freire, 379 - Jardim Paulista

Telefone: (11) 3853-5800

"Voyage" oferece ao espectador mais perguntas do que respostas. A coletiva apresenta obras de diversos artistas, entre eles Lygia Clark, Marisa Merz e Jac Leirner - além de Caragh Thuring, Julius Heinemann e Samara Scott que criaram obras inéditas especialmente concebidas para a mostra que abre no dia 15 de novembro, na Galeria Bergamin & Gomide. Com curarodia de Alexandre da Cunha, um dos mais importantes artistas brasileiros da atualidade, "Voyage" é divida em algumas de suas inquietações através das obras de 15 artistas selecionadas pelo curador. A mostra permanece em cartaz, com entrada gratuita, até 20 de janeiro de 2018.

Thiago Barbalho (1984), Sem título, 2017. Lápis de cor, marca-texto, posca, óleo bastão, esferográfica, stabillo e cera sobre papel de alta gramatura, 80 x 120 cm (Foto: Ding Musa)

O título, inspirado na comédia francesa Voyage Surprise, de Pierre Prévert (1947), traduz a sua proposta: “Mais do que um tema, a exposição aborda a ideia de viajar em um sentido mais amplo e suas possíveis associações: sonhos, expectativas, idealização, fantasia, fuga, frustração, medo do desconhecido”. 

No filme francês, um motorista de ônibus aposentado comanda uma viagem surpresa onde passageiros  desconhecem o destino final. Na mostra, da Cunha convida artistas, que possuem proximidade formal com o seu próprio trabalho, a criarem uma situação onde as obras se relacionam de uma forma fluida. “Meu papel como curador neste projeto funciona como um mediador, que sintetiza questões que surgiram no curso da montagem da exposição”.

José Damasceno (1968), Pontinho, 2017. Lã, 32 x 25 cm (Foto: Ding Musa)

"Voyage" será composta por obras de diversos períodos de artistas brasileiros e internacionais  apresentando também artistas jovens como Thiago Barbalho, Camila Sposati, Joel Croxson e Pablo Accinelli.

O público, por sua vez, completa a exposição: assim como os passageiros do filme, o espectador é convidado a embarcar na quebra das estruturas preestabelecidas na maioria das exposições coletivas: “O espectador geralmente é confrontado com uma grande quantidade de informações, uma ansiedade conceitual corre acima da possibilidade de ler os trabalhos de forma mais intuitiva; nesta exposição as perguntas são mais importantes do que as respostas e as imagens são mais importantes que o texto que acompanha”, acrescenta Alexandre da Cunha.

Jac Leirner (1961), detalhe da obra Sem título (da série Corpus Delictis), 2014. Adesivos de companhias aéreas, cinzeiros aéreos, corrente, fio revestido Rimowa Special Edition Neville Wakefield 74,4 x 49,5 x 27,4 cm (Foto: Ding Musa)

Serviço
Exposição: "Voyage", coletiva com curadoria de Alexandre da Cunha.
Datas e horários: Abertura dia 15 de novembro, quarta-feira, das 12h às 19h. Em cartaz até dia 20 de janeiro de 2018. De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h; sábados, das 10h às 15h (em janeiro a galeria não funcionará aos sábados).
Local: Galeria Bergamin & Gomide | Rua Oscar Freire, 379 - Jardim Paulista, São Paulo.
Entrada livre e gratuita.