AGENDA DAS ARTES

Voltar

Vestígios Paulistanos - Poética da Metrópole Distraída

Artistas: Varios

Curadoria: -

De 30/9 a 15/11

Galeria de Arte do SESI Ver mapa

Endereço: Avenida Paulista, 1313 - Cerqueira César

Telefone: (11) 3146-7405

Vestígios Paulistanos - Poética da Metrópole Distraída na Galeria de Arte Digital SESI-SP, na fachada do prédido da Fiesp e do SESI-SP. As quatro obras inéditas, sendo uma internacional, propõem um novo olhar sobre detalhes da cidade, com a ajuda de tecnoligias de realidade virtual, interativa, sensorial e imersiva. O público pode conferir tudo de graça até dia 15 de novembro, das 20h às 22h (interação) e das 22h às 6h (obras em vídeo).

O grande destaque é o trabalho do coletivo de arte britânico Marshmallow Laser Feast (MLF), Dividing Lines. Para fazê-lo, o grupo saiu procurando pontos da cidade que representassem linhas divisórias, com a ajuda de 13 artistas locais que participaram de um workshop na sede do SESI-SP em março deste ano. As imagens foram captadas por um instrumento chamado  Lidar Scanner, que  mapeia ambientes 360° e os processa em 3D. É o resultado desse trabalho de busca e, posteriormente, de criação em cima dessas imagens, que o público vai poder experimentar na Alameda das Flores, com a ajuda do oculus rift, para sentir como se estivessem dentro desses espaços.

Para esta obra também serão disponibilizados dois Google Cardboards  (outro tipo de óculos de realidade virtual: http://migre.me/v1pqH) para que os visitantes vejam fotos em 360° tiradas pelos artistas durante processo de criação.


Divulgação

Outro destaque é a Fragmentos (Lucas Lespier e Marcelo Nogueira), em que o  público será convidado a colaborar enviando vídeos de 5 a 15 segundos com imagens da Avenida Paulista para o site do projeto (www.fragmentosvp.com.br). Os artistas farão uma seleção semanal de alguns vídeos para serem processados por um programa de computador. O resultado dessa arte generativa será projetada na Galeria, dando nova dimensão aos pequenos padrões do cenário urbano.


Divulgação

Já o projeto Zonas de Indiscernibilidade (Alessandra Bochio, Felipe Merker Castellani e Fernando Falci de Souza) é uma instalação interativa composta por quatro painéis sensíveis aos movimentos e vibrações da cidade e das pessoas que por ali passarem. Essas imagens e sons serão processados e reproduzidos em tempo real na Galeria. Para produzir a obra, os artistas se tomaram como uma das referências o trabalho Penetráveis, de Hélio Oiticica.

Divulgação

O terceiro projeto brasileiro, Contemplação do Invisível (Clássicos de Calçada), se materializa na forma de um banco, instalado na plataforma da mostra, localizada na Alameda das Flores. O trabalho audiovisual reativo e sensorial irá captar a energia eletromagnética gerada pelos telefones celulares, redes wi-fi e antenas dos edifícios nos arredores da Avenida Paulista e direcioná-la para o banco. O público que quiser experimentar, porderá se sentar e sentir essa presença eletromagnética no corpo. Além disso, serão geradas imagens a partir dessa energia, que serão transmitidas na fachada do edifício. A ideia é trazer para o campo sensorial, algo que está o tempo todo em ação, mas é imperceptível aos olhares humanos.

Confira o depoimento dos artistas:

Serviço:
Vestígios Paulistanos - Poética da Metrópole Distraída
Local: Galeria de Arte Digital SESI-SP (Av. Paulista, 1313 - em frente à estação Trianon-Masp do Metrô)
Período: 30 de setembro a 15 de novembro de 2016
Interação com as obras (Alameda das Flores): diariamente, das 20h às 22h
Obras em vídeo: das 22h às 6h