AGENDA DAS ARTES

Voltar

Pisho Xodô

Artistas: Vários

Curadoria: -

De 5/4 a 29/5

Casa das Rosas Ver mapa

Endereço: Av. Paulista, 37 - Paraíso

Telefone: (11) 3285-6986 / (11) 3288-9447

O shodô – prática da caligrafia japonesa – é considerado uma das artes mais tradicionais na forma de escrita. A pichação sempre foi diferenciada do grafite e sua imagem ligada ao lado transgressor da arte urbana. A Casa das Rosas uniu o potencial dessas duas formas de linguagens e traz para seu público, entre os dias 5 de abril e 29 de maio de 2016, a mostra "Pisho xodô – a escrita como ato".

A mostra propõe a reflexão das concepções e das práticas de ambas através de fotos, vídeos, materiais de shodô e “folhinhas de pixo”, organizados pelos artistas Juliana Kase (artista plástica), Cadós Sanchez (educador), Reinaldo Daniel de Souza, o Rei (caligrafo e escritor de rua), Gabriel Kerhart (performer e poeta), Rafael Miyashiro (designer gráfico) e Monica Jury Terada da Associação Shodô do Brasil. Serão expostos escritos em shodô, que em japonês significa “caminho da escrita” e imagens de pichações (que os artistas chamam de “pixações”) da cidade de São Paulo.

Segundo Juliana Kase e Cadós Sanchez, A pichação e a caligrafia japonesa foram originadas em condições sociais e históricas quase antagônicas. Apesar disso, há em ambas formas de escrita, uma noção de temporalidade, espacialidade e movimento do corpo que não pode se desvencilhar do conteúdo do que é dito e nem da experiência de vida de quem escreve.

No mês de abril, serão realizadas uma oficina e uma mesa redonda que completam a mostra "Pisho xodô". No dia 16, será a vez de uma oficina de experimentação das caligrafias de pichação e shodô com Reinaldo Daniel, Gabriel Kerhart, Monica J. Terada e Rafael Miyashiro. No dia 29, às 19h30, ocorrerá a conversa com Gabriel Kerhart e Rafael Miyashiro sobre as concepções e visões da grafia urbana contemporânea e da caligrafia milenar tradicional japonesa. A mesa conta com a participação de Djan Cripta (pichador e documentarista).

Pisho Xodô permanece em cartaz até 1º de maio de 2016 (Divulgação)

serviço
Exposição: "PISHO XODÔ - A escrita como ato", coletiva com obras de Juliana Kase, Cadós Sanchez, Reinaldo Daniel de Souza (Rei), Gabriel Kerhart, Rafael Miyashiro e Monica Jury Terada.
Datas e horários: De 5 de abril a 29 de maio de 2016. De terça-feira a sábado, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 10h às 18h.
Local: Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura | Avenida Paulista, 37 - Paraíso.
Entrada gratuita.

Oficina
Sábado: 16 de abril, das 14h às 18h.
Com: Reinaldo Daniel de Souza e Gabriel Kerhart, Monica J. Terada e Rafael Miyashiro
Faixa etária: a partir dos 14 anos – 30 vagas.
Inscrições: educativo@casadasrosas.org.br

Mesa redonda
Quarta-feira, 29 de abril, às 19h30
Com: Gabriel Kerhart e Rafael Miyashiro
Mediação: Juliana Kase e Cadós Sanchez