AGENDA CULTURAL

Voltar

Pedra no Céu

Artistas: Varios

Curadoria: Cauê Alves e Guilherme Wisnik

De 1/4 A 2/7

MuBE - Museu Brasileiro da Escultura Ver mapa

Endereço: Avenida Europa, 218 - Jarim Europa - São Paulo - SP CEP 01449-000

Telefone: 11 2594-2601

“Pedra no Céu” é tema de exposição no Mube, até dia 2 de julho

O Museu Brasileiro de Escultura (Mube) promove, até o dia 2 de julho, a exposição “Pedra no Céu”, em homenagem ao renomado arquiteto Paulo Mendes da Rocha. A mostra, que tem como apoiadora oficial a Anhanguera, apresenta mais de 50 obras de 25 artistas, como Laura Vinci e Hiroshi Sugimoto, que se relacionam com os projetos do profissional.

O termo “Pedra no Céu” é a forma como o arquiteto referencia o plano horizontal da marquise do Mube. A exposição tem curadoria de Guilherme Wisnik e Cauê Alves, que enfatizam a relação da arte com a arquitetura de Paulo Mendes da Rocha.

O superintendente da Anhanguera, Samir Maluf, enfatiza a importância do apoio à exposição. “A oportunidade gera credibilidade para a instituição e para o curso de Arquitetura e Urbanismo, uma vez que Paulo Mendes da Rocha é uma referência no setor, com merecidas premiações por suas obras. A parceria é um incentivo aos nossos alunos, que já possuem contato com a trajetória do arquiteto em sala de aula e agora, ainda mais, o projeto influência em seu processo de formação”.

Com 88 anos, Rocha é um dos mais premiados arquitetos da atualidade: detentor do Prêmio Pritzker de 2006 e do Prêmio Leão de Ouro da Bienal de Arquitetura de Veneza, em 2016. Entre suas principais obras estão os projetos do Mube e do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo.


A pedra no céu idealizada por Paulo Mendes da Rocha – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

Serviço:
Exposição Pedra no Céu | Arte e Arquitetura de Paulo Mendes da Rocha
Data: até 2 de julho
Horário: das 10h30 às 18h
Local: Museu Brasileiro da Escultura (Mube)