AGENDA DAS ARTES

Voltar

No Limite da Ação

Artistas: Vários

Curadoria: Erika Sallum

De 5/1 a 5/3

Sesc Belenzinho Ver mapa

Endereço: Rua Padre Adelino, 1000 - Belenzinho

Telefone: (11) 2076-9700

Para celebrar as quatro novas modalidades olímpicas de ação que vão estrear em Tóquio, em 2020, o Sesc Belenzinho organiza uma exposição inteiramente dedicada aos fotógrafos "outdoor" que têm documentado e ajudado a consolidar o surfe, a escalada, o skate e o BMX no Brasil. "No limite da ação", mostra que integra o projeto Sesc Verão, é um convite para sentirmos um pouco da felicidade extrema de quem desafia a gravidade para expandir os limites do corpo e da mente, na frente ou atrás das câmeras. Com curadoria de Erika Sallum, a exposição coletiva que reúne mais de 10 fotógrafos fica em cartaz entre os dias 5 de janeiro e 5 de março de 2019, com entrada livre e gratuita.

Foto de André Magrão que integra a mostra em cartaz no Sesc Belenzinho até março de 2019.

Pela primeira vez na história, as Olimpíadas abrem espaço para quatro modalidades de ação que, durante décadas, foram consideradas “underground” demais para participar de suas competições. A 32ª edição dos Jogos, a ser realizada em Tóquio em 2020, receberá entre os cerca de 11.000 atletas alguns dos maiores nomes do surfe, do skate, da escalada e do BMX “freestyle park”. Assim o Comitê Olímpico concretiza um desejo – e uma necessidade – de se tornar mais atrativo às novas gerações. Para isso, dá um passo ousado: insere em sua programação cheia de regras e tradições provavelmente alguns dos esportes mais rebeldes de todos os tempos – incluindo uma vertente do skate que nasceu quando bandos de moleques perceberam que piscinas vazias poderiam se transformar em uma infindável fonte de diversão (e eles estavam certos).

Muitas décadas antes de os organizadores das Olimpíadas notarem o poder dessas modalidades entre os jovens, milhares de garotos e garotas mudaram o rumo de suas vidas por causa delas. Não só lá fora, mas também no Brasil. A seu lado, estava sempre um amigo ou uma amiga tão corajosos quanto, carregando uma câmera para registrar as aventuras, mesmo que isso significasse tomar ondas na cabeça ou escalar montanhas com peso extra nas costas. Na busca por eternizar a beleza que é desafiar o corpo, foi surgindo a figura do fotógrafo outdoor. Sem esse personagem essencial, os esportes de ação não teriam se tornado o fenômeno que é hoje. Diante e por causa de suas lentes, manobras antes impensáveis foram criadas. E o melhor de tudo: graças a esses fotógrafos, o restante de nós pode, ainda que apenas na imaginação, se deslocar para espaços e dimensões surreais.

Com suas fotos, surfamos em tubos perfeitos. Conseguimos voar com bicicletas por cima de rampas. Damos “ollies” e “kickflips” insanos. Foi também em razão de sua fotografia impressionante que nomes como Gabriel Medina viram crescer dentro de si uma vontade incontrolável de fazer o mesmo. Esta exposição celebra a garra e o talento de quem ama as modalidades de ação a tal ponto que não se deixa intimidar pelo aparente absurdo de carregar uma câmera para alguns dos lugares mais improváveis do universo esportivo. Também festejamos o olhar mais terno dos fotógrafos sobre suas comunidades, seja dentro de um vagão de trem que carrega “riders” de BMX ou em um raro momento de calmaria em meio a uma das expedições mais difíceis da escalada em rocha no Brasil. Afinal, nada escapa da mira de quem faz da emoção e do perigo partes inseparáveis do seu ofício.

Serviço
Exposição: "No Limite da Ação – As Quatro Novas Modalidades Olímpicas na Fotografia Brasileira", coletiva com curadoria de Erika Sallum. Fotógrafos: Bruno Graciano, Laura Dias, Luiz Blanco, Edson Vandeira, Frederico Mello Vegele, Marcelo Naddeo, Ana Catarina, Flavio Samelo, Mikeila Pelayes, Thiago Rocha, Gabriel Tarso, Anairam de Leon e André Magarão.
Datas e horários: De 5 de janeiro a 5 de março de 2019. De terça a sábado, das 10h às 21h; domingos, das 10h às 19h30.
Local: Sesc Belenzinho (Espaço Expositivo) | Rua Padre Adelino, 1000 - Belenzinho.
Entrada livre e gratuita.