AGENDA DAS ARTES

Voltar

Meu nome era Lourenço

Artistas: Lourenço Mutarelli

Curadoria: Manu Maltez

De 13/11 a 17/2

Sesc Pompeia Ver mapa

Endereço: Rua Clélia, 93, Pompeia

Telefone: (11)3871-7700

A mostra "Meu nome era Lourenço" exibe 147 obras originais de Lourenço Mutarelli, algumas inéditas – como painel sobre seu último livro “O filho mais velho de Deus”. Com curadoria de Manu Maltez, a exposição fica em cartaz no Sesc Pompeia entre os dias 13 de novembro e 17 de fevereiro de 2018. São telas, colagens, esculturas, desenhos e reproduções de cadernos – 21 deles estarão disponíveis para leitura -, além de todos seus livros publicados, trechos de filmes e um excerto de um documentário sobre o multiartista. A entrada é livre e gratuita.

Lourenço Mutarelli, Tela nova - O filho mais velho de Deus, 2018. Foto: Divulgação.

Em destaque na exposição estão as vinte máscaras feitas por Joaquim Almeida e pintadas por Mutarelli. Elas são inspiradas nos desenhos que o artista registrou na última década em seus cadernos e dialogam com o inconsciente, como se quisessem denunciar perturbações e desejos ocultos. Ao olhar dentro de cada máscara, o público pode encontrar um convite para decifrar seu enigma.

Entre as obras inéditas da exposição há um painel feito in loco pelo artista, com dois metros de altura e mais de três metros de comprimento, três telas, uma colagem e outro painel - feito de lambe-lambes com pinturas originais. Dois bonecos feitos por Gigi Manfrinato e uma escultura elaborada por Marcelo Amp, também compõem a exposição.

“Mutarelli tem amor à liberdade e percebe o desprendimento e desenvolvimento que pode ter com diferentes usos de linguagem. Ele cria um universo atemporal e contemporâneo que juntos se complementam”, afirma o curador.

Assim como em sua vida, o trabalho do multiartista apresenta uma constante transformação ocorrida nos últimos 30 anos. A mostra, dividida em 12 espaços, revela vários lados do artista, são eles: "Corredor de máscaras", "Cadernos de experimentação", "A caixa de areia", "Diomedes – A trilogia do acidente", "Travessia I – Primeiro texto", "Travessia I – Segundo texto", "Biblioteca", "O cheiro do ralo", "O natimorto – Um musical silencioso", "Travessia II, O grifo de Abdera", "Painel inédito de Mutarelli + O filho mais velho de Deus e/ou livro IV".

Nascido em 1964, em São Paulo, iniciou sua carreira criando histórias em quadrinhos. Foi ator de cinema e teatro, publicou diversos livros– entre eles está “O Cheiro do Ralo”, que foi adaptado para o cinema e dirigido por Heitor Dhalia.

Serviço
Exposição: "Meu nome era Lourenço", de Lourenço Mutarelli, com curadoria de Manu Maltez.
Datas e horários: Abertura dia 13 de novembro, às 20h. Em cartaz até 17 de fevereiro de 2019. De terça a sexta, das 10h às 21h30; sábado, domingo e feriado, das 10h às 18h.
Local: Sesc Pompeia (Oficinas de Criatividade) | Rua Clélia, 93 - Pompeia, São Paulo.
Entrada livre e gratuita.
Para agendamentos de grupos: escreva para o e-mail agendamento@pompeia.sescsp. org.br ou ligue para (11) 3871 7759.