AGENDA DAS ARTES

Voltar

Imagem Mental

Artistas: Flavio Samelo

Curadoria: -

De 1/10 a 26/10

Baró Galeria (Jardins) Ver mapa

Endereço: Rua da Consolação, 3417 - Cerqueira César

Telefone: (11) 3661-9770

A Baró Galeria Jardins apresenta a partir do dia 1º. de outubro, sábado, às 14h, a exposição “Imagem Mental”, que marca a estreia de Flavio Samelo como artista representado pela Baró. A abertura de sua exposição também apresenta a Galer[it], espaço anexo à galeria, montado em uma estrutura móvel, que contará com performances e exposições temporárias. A Galer[it] nasceu em parceria entre a Contain[it] e a Baró Galeria e poderá ser levada como espaço de arte para feiras e outras cidades. É uma estrutura que flerta com o conceito do nomadismo, uma interpretação do fluxo incessante de pessoas nas grandes cidades. A Galer[it] pretende ser um espaço de convívio para artistas, galeristas e público, e contará com intervenções constantes de artistas convidados tanto em seu interior quando em seus arredores.


compo gefaadiec - 2013 - 469x312

Para a galerista Maria Baró, a Galer[it] nasce da vontade de “se levar o espaço da galeria a outras cidades que não tenham um mercado consolidado de galerias. Até mesmo  de reunir um grupo de galerias já consagradas e fazer uma expedição de arte para certas cidades do Brasil”, explica.

A estreia de Flavio Samelo entre os artistas representados pela Baró acontece no interior deste espaço e ao redor da Galer[it]. O artista vai apresentar um mural de aproximadamente 9 metros de altura por 6 metros de largura na parede ao lado da Galer[it], além de seis obras em seu interior.

A linguagem da fotografia perpassa toda a exposição de Samelo. “Para mim tudo é fotografia, umas são realizadas com câmera, outras com pinturas, outras com colagens, outras com tudo misturado. Estou levando fotos no formato normal, digamos assim, também fotos com pinturas, mas em impressões em chapas de pvc, e temos umas composições com várias fotos que formam uma única imagem, mas cada uma delas foi feita em lugares diferentes do mundo e em datas completamente diferentes”, explica o artista. “Tento criar imagens que não existem de verdade, a partir de imagens reais”, conclui Flavio.

Esta exposição é fruto de uma longa pesquisa de 13 anos do artista, em que ele procura expandir conceitos, formatos e usos da fotografia. “Claro que, esteticamente, também existe uma preocupação em forçar a perda dos signos, para que o cérebro não encontre qualquer ligação possível com algo real. Mesmo que todas as imagens sejam de objetos ou paisagens que existam, a minha busca é em não ter referência alguma, o foco é estético e abstrato”, afirma.


Compo Ladjepds - 2014 - 69x44 cm

Sobre Flavio Samelo
Para Flávio Samelo, fotografar é explorar os mecanismos e processos que acompanham o ato fotográfico e seus resultados, tentando descobrir seus mistérios a partir das possibilidades e as mudanças na função e usos que estas engrenagens sensoriais possibilitam. O artista e fotógrafo autodidata, descaracteriza nas obras o pictórico da fotografia, propõe se acabar com as certezas da fotografia. Seus registros são uma antítese do documental, de lugar, tempo, descaracterizando a matéria no registro fotográfico. A experimentação e a inovação marcam a pesquisa do Samelo. Suas composições emergem no todo do processo artístico. Cortes e extrações acrescentadas inserções e intervenções; onde é concebida a mesma relevância tanto ao processo como ao resultado. Um todo estruturado em partes que fazem que a produção se converta em quebra cabeças. Desde os códigos construídos para dar nome as obras, estruturando uma nomenclatura não traduzível, até as composições variáveis que apagam a dependência de cada uma das partes entre sim, exclui referencias e construí diversas possibilidades morfológicas que recreiam um amago livre repleto de possíveis interpretações sensoriais, pondo em xeque o ponto de vista único. Samelo deixa transparecer nas suas obras fotográficas este mesmo processo e ao mesmo tempo fertiliza toda sua produção plástica com resultados recheados de códigos que transbordam, também, sensibilidade e qualidade autoral.

Imagem Mental @ Flavio Samelo + Galer[it] @ Baró Galeria – Jardins
Abertura: sábado, 1 de outubro, das 14h às 19h
Período expositivo: de 1 de outubro a 26 de outubro
Entrada livre/ franca