AGENDA DAS ARTES

Voltar

Campos Elíseos

Artistas: Juan Esteves

Curadoria: -

De 17/3 a 3/6

Espaço Cultural Porto Seguro Ver mapa

Endereço: Alameda Barão de Piracicaba, 610 - Campos Elíseos

Telefone: (11) 3226-7361

O fotógrafo Juan Esteves apresenta exposição inédita de imagens no Espaço Cultural Porto SeguroEm cartaz entre os dias 17 de março e 3 de junho de 2018, "Campos Elíseos" reúne um conjunto de 40 fotografias que fazem parte de um projeto de registro da arquitetura paulistana do centro histórico da cidade. Para a empreitada, que já dura dez anos, o fotógrafo tem como parceiro o curador de arte e historiador Antonio Carlos Suster Abdalla. No dia da abertura, às 11h, haverá também o lançamento do livro Campos Elíseos - história e imagens e sessão de autógrafos com o curador e com o fotógrafo. A entrada é livre e gratuita.

Juan Esteves, Edifício estilo art déco - Alameda Barão de Limeira, 1455. Fotografia.

As fotos da exposição são um recorte das 100 imagens que integram o livro Campos Elíseos - história e imagens. Nele, o fotógrafo registra o patrimônio artístico-arquitetônico do bairro paulistano onde foram construídos centenas de casarões e palacetes que serviram de residência aos fazendeiros da oligarquia cafeeira, no final do século XIX. No século XX, a região veria surgirem construções de diferentes vertentes da arquitetura modernista e, em seguida, as metamorfoses heterogêneas características do crescimento desordenado da metrópole.

Todas as fotografias na mostra são em preto e branco. Para Esteves, apertar o botão disparador da câmara e capturar a imagem é só o começo. Depois, o fotógrafo realiza um minucioso tratamento da imagem original, processo que leva em média de dez a doze horas, e elimina o que chama de “ruídos temporais contemporâneos”. Os “ruídos” a que se refere são elementos que interferem na visão dos prédios em sua arquitetura original, como fios de luz, modificações nas fachadas, entre outros. Ele, que tem o retrato como sua principal especialidade, diz tratar os prédios como se fossem pessoas. “Faço dos prédios personagens.”

Juan Esteves, Edifício Racy, projeto do arquiteto Aaron Kogan - Avenida São João, 1588. Fotografia.

Ao olhar a fotografia, é comum o espectador não reconhecer nem mesmo um prédio diante do qual passa todos os dias. Pode perceber então, entre o real e reconstrução feita por Esteves, que é possível ver uma outra São Paulo por trás de tantas e tantas interferências. “Embora sejam registros de hoje, essas minhas fotos acabam parecendo ser antigas”, afirma o artista. “Esse é um paradoxo, um paradoxo do olhar. O prédio fica novo e, ao mesmo tempo, muito antigo, como se voltasse às origens.”

Um dado interessante é que todas as fotos foram feitas do ponto de vista de quem está andando na rua, por quem está no chão. “Sou um walker, um flâneur”, conta o fotógrafo. “Ando compulsivamente pela cidade e meu olhar é constantemente atraído pelos detalhes. Penso que é isso que define esse meu trabalho.”

Juan Esteves, Palácio dos Campos Elíseos (ou Palacete Elias Chaves) - Avenida Rio Branco, 1289. Fotografia.

Casarões e palacetes
Juan Esteves e Antonio Carlos Suster Abdalla selecionaram para a mostra no Espaço Cultural Porto Seguro quarenta fotografias entre as 100 que estão no livro. Dez das fotos estarão ampliadas no formato 70 cm x 100 cm e as demais 30, no formato 60 cm x 70 cm. Todas estarão impressas em papel museológico de algodão e emolduradas.

Das construções icônicas que a seleção contempla estão, entre outros, o Palacete Victoria e o Palácio dos Campos Elíseos; construções de arquitetos importantes, como o Edifício Albertina, de Cícero Prado e Cecília, de Gregori Warchavchik; e fotos de “arquitetura rara”, como o Edifício Duque de Caxias, construído por Artacho Jurado. O conjunto oferece uma ampla visão da arquitetura paulistana através de seu percurso histórico nos últimos 130 anos.

Juan Esteves, Palacete Victoria - Rua Vitória, 687. Fotografia.

O artista
Juan Esteves nasceu em Santos, São Paulo. Iniciou seu trabalho como fotógrafo em 1980. Foi fotógrafo e editor de fotografia do jornal Folha de S. Paulo entre 1986 e 1994. Seus trabalhos estão publicados em revistas, jornais e livros no Brasil e em países como Inglaterra, Espanha, Itália, China, Japão, Portugal, Holanda, Dinamarca, França e Estados Unidos.

Juan Esteves, Edifício Albertina, Cícero Prado e Cecília, projeto do arquiteto Gregori Warchavchik - Avenida Rio Branco, 1661. Fotografia.

Serviço
Exposição: "Campos Elíseos", de Juan Esteves com curadoria de Antônio Carlos Suster Abdalla.
Datas e horários: Abertura dia 17 de março, a partir das 11h. Em cartaz até 3 de junho de 2018. Segunda-feira, das 9h às 19h; de terça a domingo, das 9h às 21h.
Local: Espaço Cultural Porto Seguro (Térreo) | Alameda Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elísios, São Paulo.
Entrada gratuita.